domingo, 9 de agosto de 2015

Efeito Datena: Como seria se outros apresentadores abraçassem a política?

Não é de hoje que alguns famosos (ou quase) lançam suas candidaturas para vereador, deputado, senador, prefeito, governador e até presidente. Claro, quem aqui não lembra quando Silvio Santos lançou sua campanha para a presidência? (entreguei minha idade agora).
Seguindo esta tendência, que recentemente até o Datena aderiu, afinal cada país tem o político que merece, e pra não perder a piada, sem ser presa (espero), eu, Diva, fiz uma lista de alguns apresentadores que não servem nem pra síndico de prédio, mas que poderiam fazer nossa alegria pelo menos na hora do debate, caso lançassem suas candidaturas.

Gugu
Se o Gugu fosse político a gente sabe muito bem que os bandidos estariam na cadeira. Afinal, lá é mais fácil de entrevistá-los. Não perde uma polêmica feat sensacionalismo, parece aquela sua vizinha que é portadora do obituário da rua. SLOGAN: Não perca! Declaração polêmica, chocante, reveladora, tire as crianças da sala. É polêmica, é Gugu na presidência!

Faustão
Teríamos um sério problema com a democracia, já que o cara não deixa ninguém falar. Além de trabalhar poucas horas e ganhar o maior salário. E claro, adeus bolsa-qualquer-coisa. Faustão colocaria todo mundo pra trabalhar, e fiscalizaria só pra falar mal, é claro.

Luciana Gimenez

A diva Lu é claro que não poderia ficar de fora. Caso fosse candidata, Lu iria estreitar as relações Brasil feat EUA, claro que nossa educação seria afetada, mentira, nem mudaria muita coisa. Possivelmente teríamos um bolsa botox, mas logo ela renunciaria pra ir pra gringa, porque não é obrigada.

William Bonner

Até dá certo ânimo pensar no Bonner na política, bonito, culto, diplomático, sério, elegante. Parece que estou descrevendo meu futuro marido e não um político. Bonner tem experiência como mediador de debates e entrevistas polêmicas, então se daria bem em um cargo menor, tipo vereador, aquele tipo que o maior feito na política vai ser plantar mudinha. Mas tudo bem, não dá pra ter tudo.

Ratinho

Político do tipo Ratinho tem aos montes, são aqueles tiozinhos de boca cinza, com o colo vermelho de cerveja e que tem altas probabilidades de enfartar em meio ao plenário. Portanto, o estereótipo de político Ratinho já garantiu. Resta saber se a cobra vai fumar mesmo. A TV Senado nunca seria tão emocionante.

Walter Mercado

Tá sumido né? Pois é, assim como muitas subcelebridades, quando somem é que tão inventando algo. E do nada aparecem no horário eleitoral. Geralmente é aquela pessoa estranha que você olha, olha e pensa que o conhece de algum lugar. E não é um vizinho, ou primo que foi preso, é uma subcelebridade que você via no "Domingo Legal".

Xuxa

Embora Xuxa não tenha nenhuma candidatura lançada, ela é engajada com a política. Especialmente na lei antipalmada. Lei essa que me deixa supertranquila. Nunca bati em criança, um beliscão na axila sempre resolveu. Xuxa é uma pessoa que rouba a visibilidade de quem estiver ao redor, não imagino ela em nada menos do que a presidência. Acho até digno, já imagino até ela num debate: "aham, senta lá Aécio".