quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Servidores estaduais ameaçam grande mobilização caso salários não sejam pagos

Representantes de vários sindicatos que compõem o funcionalismo público estadual se reuniram na tarde desta terça-feira (16), para discutir as contas do governo do estado e a ameaça de não pagamento dos salários e do 13º no fim do ano. Servidores ameaçam grande mobilização caso salários não sejam pagos. De acordo com o presidente do Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública do Rio Grande do Norte (Sinpol/RN), Djair Oliveira é lamentável chegar ao fim do governo atual com essa informação. “Os servidores trabalharam e querem receber os seus salários, porque são direitos legais assegurados pela Constituição Federal”, declarou.
Ainda de acordo com Djair, uma grande movimentação deve ser definida pelos sindicatos e uma possibilidade de greve não está descarada. “Estamos aqui justamente para discutir a possibilidade de uma grande movimentação dos trabalhadores, porque não vamos aceitar de maneira nenhuma que o governo do estado deixe de cumprir com a sua obrigação que é pagar os nossos salários”, argumentou.
NoAr
-