segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Petrobras abre processo seletivo para Programa Jovem Aprendiz no RN



A Petrobras abre nesta segunda-feira (8), a partir das 10h, as inscrições para o processo seletivo da edição 2014 do Programa Petrobras Jovem Aprendiz no Rio Grande do Norte. As inscrições seguem até às 22h de sexta-feira (12) e devem ser feitas exclusivamente no site www.funcern.br.

O processo seletivo é composto por cinco etapas eliminatórias. Os que realizarem a primeira etapa (inscrição por meio do preenchimento de formulário eletrônico), passarão por uma prova escrita no dia 21 de dezembro.

Ao todo, serão oferecidas 120 vagas no estado, sendo 31 para Natal, 47 para Mossoró, 21 para Alto do Rodrigues e 21 para Guamaré. O programa terá duração de 24 meses e os selecionados receberão um salário mínimo vigente para jornada de trabalho de 20 horas semanais, além de vale-transporte ou transporte oferecido pelo Programa, vale-refeição ou alimentação oferecido pelo Programa, 13º salário, férias e FGTS.
Os jovens concorrentes devem comprovar residência em um dos municípios onde as vagas estão sendo ofertadas. Os estudantes residentes em Guamaré e Mossoró devem ter de 17 anos e 6 meses a 21 anos e seis meses até o último dia da inscrição, já a faixa etária dos que moram em Natal e Alto do Rodrigues deve ser entre 16 e 18 anos até o último dia da inscrição.
Os candidatos precisam ter concluído do 6º ao 9º ano do ensino fundamental em escola da rede pública de ensino e estar cursando ou ter concluído o ensino médio em escola da rede pública de ensino. É necessário ainda possuir renda bruta familiar mensal de até meio salário mínimo em vigência no período da inscrição por pessoa. É exigido também não ter realizado qualquer tipo de estágio e não ter participado de qualquer programa de aprendizagem até a data de realização da inscrição. Todos os pré-requisitos e etapas do processo seletivo estão contidos no edital.
Após aprovados, os participantes do programa passarão por três etapas de formação. Na primeira delas, os alunos receberão aulas de formação básica com educadores da Funcern. Na segunda, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) oferecerá cursos de qualificação profissional aos aprendizes, já na terceira e última etapa, os jovens irão passar por um período de vivência profissional na Petrobras.