domingo, 7 de dezembro de 2014

MULHER QUE FICOU SEM ROUPA VAI PROCESSAR BANCO


A dona de casa Adriana Alves da Silva Piolla, de 44 anos, que ficou de calcinha e sutiã na porta da Caixa Federal da Avenida General Carneiro, na região central de Sorocaba, vai processar o banco.
Ela se despiu em protesto por não ter a sua entrada na agência permitida pelo segurança após várias tentativas. A mulher foi barrada na porta giratória, mas disse que não carregava nada de metal.
Como o segurança insistisse para que ela voltasse e retirasse o que teria de metal nos bolsos, Adriana resolveu retirar a roupa toda. Quando já estava de calcinha e sutiã, a sua entrada foi permitida
O gesto causou um grande tumulto na agência, de tal modo que a polícia foi chamada. Mesmo com a chegada dos policiais nem Adriana nem o banco registraram boletim de ocorrência.
PORTAL IG