segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

MORRE , VÍTIMA DE INFARTO, O RADIALISTA CHUDMILSON SOUZA, DA RÁDIO CIDADE FM


O radialista Chudmilson Souza, da Rádio Cidade FM, morreu na tarde deste domingo, vítima de um infarto agudo no miocárdio. Ele comandava o programa ‘Amor sem Fim’ e era o locutor das manhãs na emissora.

Segundo o colega de profissão, Tim Kawasaki, ontem, ‘Chud’, como era mais conhecido, trabalhou normalmente e gravou para o programa Sem Censura, da TV União.
Chudmilson trabalhou por cerca de 15 anos na Rádio Cidade FM, mas já havia trabalhado na FM Cidade do Rio de Janeiro, no tempo do programa ‘Só se for Dance’ .
Segundo a jornalista Thaisa Galvão, a morte do mais antigo locutor da 94 FM (Cidade), Chudmilson de Souza, pegou a família Azevedo, proprietária da emissora, de surpresa.
“Estamos realmente muito consternados. Que Deus o acolha na sua grandeza, e que conforte a sua família e amigos nesse momento de dor. Papai e todos nós estamos muito tristes, consternados e por demais chocados, pois Chudmilson de Sousa era o locutor mais antigo da Rádio Cidade e um grande amigo da família Azevedo”, disse ao Blog, Haroldo Filho.

Ele disse que, por determinação de Haroldo Azevedo, que está muito chocado, o diretor da rádio, Carlo Bastos está tomando todas as providências junto à família de Chudmilson.
O locutor havia falado pelo telefone com a mãe na hora do almoço. Logo depois a mãe ligou e ele não atendeu.
Como ela tem a chave do apartamento onde ele mora desde que se separou da mulher, foi lá e o encontrou sentado na cabeceira da cama com a cabeça caída para um lado.

O Samu chegou a ser chamado mas confirmou que ele já estava morto.

NOTA DE FALECIMENTO
A Família RÁDIO CIDADE , a 94 FM, comunica com pesar o falecimento do seu locutor CHUDMILSON DE SOUSA, ocorrido na tarde deste Domingo.
Assim que tivermos maiores informações sobre o velório e sepultamento informaremos em nossas redes sociais e na programação da Rádio Cidade.
Na oportunidade, prestamos nossas condolências e solidariedade aos familiares
FONTE: COM INFORMAÇÕES DO BLOG THAISA GALVÃO