domingo, 9 de novembro de 2014

'NASCI DE NOVO', DIZ CAMINHONEIRO APÓS ACIDENTE QUE MATOU TRÊS EM SP


O motorista do caminhão que colidiu frontalmente com um carro em um acidente que resultou na morte de três pessoas e deixou uma ferida, nesta sexta-feira (7), afirma que não conseguiu parar o  veículo e evitar a batida. O acidente aconteceu na rodovia Padre Manoel da Nóbrega, em Itariri, na região do Vale do Ribeira, no interior de São Paulo. Segundo a polícia, o carro tentou fazer uma ultrapassagem proibida na pista.
Após o acidente, o motorista do caminhão, Francisco França de Oliveira, contou o que aconteceu na rodovia. "Eu só vi ele (carro) na contramão, na minha frente. Eu não pude fazer nada. Segurei o que pude. Eu nasci de novo", falou o motorista.
Alguns pedaços do carro ficaram espalhados pela rodovia. Oliveira disse que quase foi atingido. "Eu vi ferros voando para cima de mim. Rodas que soltaram também. Teve uma roda do meu caminhão que voou para cima e caiu em cima da minha cabine, do meu lado. Eu vi a roda do meu lado", disse ele.

Segundo a Polícia Rodoviária, o carro seguia pela rodovia e tentou fazer uma ultrapassagem próxima a uma curva. "O veículo vinha fazendo uma ultrapassagem em um local proibido. Acabou não dando chance do caminhoneiro desviar. Quando ele, viu os veículos já estavam se chocando", explicou o policial rodoviário Luis Carlos Carvalho dos Santos.
O policial afirma também que há sinalização no local do acidente para evitar esses tipos de colisão. "O conselho é respeitar a sinalização, ser prudente, evitar ultrapassagens em curvas. Aqui era uma curva acentuada, em aclive, que dificulta bastante esse tipo de ultrapassagem e é sinalizado como proibido ultrapassar", falou policial rodoviário.

O acidente foi por volta das 12h50 desta sexta-feira (7), no Km 368 da rodovia Padre Manoel da Nóbrega, na altura da cidade de Itariri, na região do Vale do Ribeira, interior de São Paulo.
FONTE:  DO G1 SANTOS