terça-feira, 11 de novembro de 2014

DISPUTA E DISCUSSÃO POR VAGA EM BOMBA DE GASOLINA TERMINA EM MORTE


Uma discussão na fila para abastecer o carro, em um posto de gasolina de São Leopoldo, na região metropolitana de Porto Alegre, terminou em agressão e morte. Segundo testemunhas, a confusão começou porque um dos motoristas disputava a mesma vaga perto de uma das bombas de gasolina. Os xingamentos se transformaram em uma briga.
Um dos condutores, de 41 anos, desceu do carro com a mulher e o filho adolescente e teriam partido para cima de um vendedor de 57 anos. As agressões só teriam terminado depois que os ocupantes de outro veículo pararam para socorrer a vítima. O tumulto foi generalizado.
O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado e os médicos tentaram reanimar a vítima, mas não obtiveram sucesso. O autor da agressão foi cercado por outras pessoas que presenciaram a discussão e ficaram indignados com o resultado da briga.
O homem de 41 anos fugiu e chamou a Brigada Militar, que já se dirigia para o posto de combustíveis. Ao encontrar os policiais no caminho, ele retornou ao local e foi preso em flagrante por policiais militares. Ele foi autuado por lesão corporal seguida de morte.
O corpo do vendedor foi enterrado no domingo (9). No atestado de óbito, a causa da morte consta como indeterminada. A vítima era casada, tinha três filho e um neto.
Fonte: R7